• Intégra Odontologia

Como viver mais e melhor na terceira idade?

Saiba quais as maiores duvidas sobre saúde bucal na terceira idade!

Liberdade e Segurança na hora de falar e comer!

Viver mais e com saúde é possível. Para isso, é necessário cuidar da saúde do corpo e dos dentes desde cedo.

A chegada na terceira idade provoca mudanças no organismo como um todo, demandando alguns cuidados extras com a saúde nessa fase. Esta atenção se estende também para o sorriso, que além de ter um grande impacto na autoestima, também afeta de forma significativa a qualidade de vida.


Envelhecer não é sinônimo de incapacidade. É importante manter a autonomia e a independência, ter uma alimentação adequada e buscar atividades que sejam prazerosas e não deixar de cuidar do corpo com os exercícios físicos adequados.


Nessa fase da vida a capacidade absortiva dos alimentos fica diminuída e muitas vezes ocorre a diminuição da alimentação e do apetite, onde em grande parte das situações houve a perda de um ou mais dentes, diminuindo ainda mais a eficiência mastigatória, a digestão e a absorção de nutrientes.


Mas, nessa fase da vida, precisamos, na realidade de uma maior quantidade de proteína. Por isso, não indicamos sopa na rotina, principalmente por pular etapas da digestão, onde não ocorre a trituração nos dentes e início da digestão dos carboidratos (amilase salivar).


O que muda na higiene bucal?

Absolutamente nada, a rotina de cuidado bucal permanece a mesma, escovar os dentes três vezes ao dia e não esquecer da limpeza interdental. No caso de pessoas com idade mais avançada, em que as habilidades motoras podem estar comprometidas, as escovas elétricas podem ajudar nas independência do paciente.


Minha boca está mais seca, o que fazer?

Na terceira idade, a produção de saliva que contêm nutrientes importantes para os dentes, como cálcio e fosfato, fica diminuída . E isso contribuí para o aumento do mau hálito e boca seca (xerostomia), que também é agravada pelo consumo de alguns medicamentos necessários nesta idade.


Outras dúvidas frequentes?

Com a perda óssea e a recessão gengival, o aparecimento de cárie de raiz, gengivite e periodontite ficam mais frequentes. Uma das formas de evitar o surgimento dessas doenças, é dedicar cuidado especial a higienização.


Já uso prótese dental, quais cuidados devo ter?

Para quem já faz o uso da prótese dentária, a higiene bucal diária deve ser criteriosa, cuidando da gengiva, língua e do "céu da boca". Outro ponto importante é a limpeza com material apropriado para não danificar a prótese, causando ranhuras no acrílico e provocando um odor desagradável nas próteses.


O Dr. Arnaldo Jamariqueli é Mestre e Especialista em Implantes Dentários e Especialista em Periodontia, agende sua avaliação e cuide da sua saúde!


#odontocampinas #dentistacampinas#dentista #campinas #invisalign#invisaligncampinas #implantedental#implantedentario #protesedentaria#vidasaudavel #esteticadental#esteticafacial #lentedecontatodental#facetas #facetasdeporcelana

1 visualização

Se preferir, ligamos para você!